Era uma vez… o era uma vez!


Uma vez o era-uma-vez se cansou de ser sempre o início de histórias infantis. Ah, sim…sempre começava histórias com duendes, com fadas, com bruxas e com guerreiros…não se lembrava mais de quantas histórias, lendas, contos, conversas sempre começavam sempre do mesmo jeito…

Era uma vez decidiu que deveria tirar férias, sair por aí, entrar e sair das histórias como se fosse um amiguinho disfarçado de vento, visitar seus grandes amigos: os livros, as histórias em quadrinhos, as revistas para crianças e, talvez, aventurar-se por outras coisas mais sérias, dessas que os adultos lêem, e que chamam, com orgulho, de literatura.

Mas no dia em que foi visitar a literatura, ela havia viajado, então era uma vez percebeu que quem escrevia literatura achava que não tinha nada a ver com era uma vez…

Enfim, era uma vez resolveu se libertar, mas, ao mesmo tempo, o que seria das crianças sem “era uma vez”? Como começariam suas histórias tão bonitas, tão cheias de colorido e de luz? Foi aí que era uma vez tomou uma decisão: chamaria outras expressões suas amigas para substituí-la! Tão fácil, tão simples!

Primeiro veio o tal do “então”, mas não cabia…então rimava com pimentão, com canção e com o tio Elesbão, mas era muito muito “ão”. Que confusão!

Depois veio o  “em primeiro lugar”…ora! Imagine uma história com “em primeiro lugar”, “em segundo lugar”, “em terceiro lugar”…parecia mais um concurso de miss, e não um início de história…

E veio o tal do “inicialmente”. Imagine um conto iniciando assim: “inicialmente vivia um sapo numa lagoa…” É, parecia que o nosso amigo era uma vez não teria folga nunca!

Cansado, mas preocupado, de repente alguém o chamou: “-Compadre! Ô compadre!” Era uma vez aguçou o ouvido: “Quem seria?”, pensou.

“Sou eu compadre! Vim substituí-lo!

Finalmente! Finalmente, e era uma vez pulava de felicidade! Tão simples, mas agora poderia tirar férias! Bastou que chegasse o grande amigo….qual? qual? Ele mesmo! o Uma vez!!!!!!!!

Uma vez um pirata….

Uma vez um duende….

Uma vez uma palavra …. e assim por diante!!!!!!!!!!!!

Bravo crianças!

Agora você pode começar sua própria história! Então, vamos lá, comece agora mesmo. Olhe para quem está com você e inicie: UMA VEZ…

 Hilton Besnos

Um comentário sobre “Era uma vez… o era uma vez!

  1. Pingback: 0216 – Era uma vez…. o “era uma vez”! | Besnos Blues (substitui o Blog do Besnos)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s